Pádua (Padova) e Pisa


Nossa ida às cidades de Pádua e Pisa foi totalmente turística, ou seja, de passagem para conhecer suas principais atrações: a Basílica de Santo Antônio de Pádua, em Pádua, e a torre inclinada em Pisa.

O ônibus saiu bem cedo.

Pádua parece ser uma bela cidade para se viver. Simples e aconchegante, embora seja um importante centro econômico e cultural.

OBS: Uma das principais universidades da Itália também está aqui, a Universidade de Pádua.

Paramos o ônibus no local apropriado para isso (a Itália toda é bem organizada nesse sentido) e iniciamos nosso trajeto a pé.

Pádua fica só a 37km de Veneza. Não havia quase ninguém pelas ruas da cidade o que deixou a aparência da mesma ainda mais linda.

Iniciamos pela maior praça da Itália, a Piazza Pralo della Valle, com 90.000 metros quadrados, mas que também é a segunda maior praça da Europa.

É uma praça de encher os olhos. Possui um formato elíptico com área verde no centro e dois arcos com grandes estátuas, separados por um pequeno lago. Possui quatro pontes que coincidem com os pontos cardeais dando acesso ao interior da praça. No centro, um lago com chafariz.

DSCN0568

Ao redor da praça, vários monumentos históricos: a Basílica de Santa Giustina, a Loggia Amulea ou Cà Duodo e o Palazzo Zacco.

A cidade é internacionalmente conhecida por ser a cidade onde Santo Antônio passou parte da sua vida e faleceu após ter saído de Lisboa.

A Basílica de Santo Antonio é administrada por Frades Franciscanos e é belíssima. A igreja conserva algumas relíquias do santo, como sua tumba, seu túnica, sua língua e sua mandíbula (fica do lado esquerdo de quem entra), além de possuir uma riquíssima ornamentação.

DSCN0603

A Basílica externamente tem estilo gótico, românico e bizantino e internamente renascentista e barroco. Dentro também há um belo jardim e onde é ofertado o conhecido e famoso “pãozinho de Santo Antônio”, que também pode ser comprado em várias lojinhas e cafés externos.

Depois seguimos até Pisa.

O ônibus fica um pouco distante, em um estacionamento específico. De lá, pegamos um ônibus urbano (muito organizado) que nos leva até um ponto mais próximo. Ao descer, são “zilhoes” de ambulantes vendendo suvenires (os melhores preços. Só perdeu para Roma. Mas, vale a pena comprar “pinóquios” aqui e tudo que for relacionado a Pisa.

Após passar pelos ambulantes e achar que você vai visitar só uma torre inclinada, você adentrará em uma estrutura toda murada e, portanto, prepare-se!

Ao chegar a chamada Piazza dei Miracoli  (Praça dos Milagres) que é o Conjunto Monumental formado pela Torre Campanário (a Torre inclinada), o Duomo (Catedral), o Batistério e o Camposanto (cemitério), seu queixo já deve ter caído e seu olhar deve estar fixo para inclinação incrível da torre!!!!

DSCN0668

Vale só por isso, pois nenhuma foto nos dá a dimensão de estar com aquilo diante dos olhos. Incrível!!!

É possível subir na Torre,entrar na Catedral, mas o sol estava de rachar e depois de olhar tudo isso, fomos logo tomar Gellato e sentar em uma das muitas trattorias e se deliciar com Pizza e Vinho!!!IMG-20150712-WA0038

Esse post foi publicado em Pádua e Pisa e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Pádua (Padova) e Pisa

  1. KAREN disse:

    ola
    gostei muito do blog]
    qual ônibus pegaram de Pádua para Pisa?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s