Iniciação à Itália…. Começando… Milão, Sirmione e Verona!!!


A Itália é história pura!!!

Cada lugar, cada esquina, cada passo (várias vezes, literalmente)… E você volta no tempo ou para os livros e relembra mil filmes e vive tudo isso. Pois está tudo lá!!! Este é o grande esplendor da Itália. Um banho de cultura e arte! E isso, basta!!!

Portanto, desde já, dizemos logo… Pelo menos na nossa percepção… Não há nada de romântico em Veneza e nada de excepcional na comida (decepção, depois de reler Comer, Rezar e Amar, especialmente o “comer” e achar que eu, Mariana,  ia me esbaldar…), mas, poder estar em locais em que tantos outros, especialmente artistas estiveram, conversaram, escreveram, pintaram, desenharam e modificaram o rumo da história, vale a viagem!

Para, além disso, o que chama a atenção é a vida que se leva aqui… Não sei se a “La dolce vita” de Fellini (não a percebi, tamanha a quantidade de turistas em qualquer lugar…), mas, com um pouquinho de observação e você encontra italianos verdadeiros, andando bastanteeeeee a pé, dos mais novinhos aos mais idosos e, por longas trajetórias… Dirigindo-se as suas casas com poucas sacolas de supermercado na mão (já que a compra diária é um costume social, tamanho o desejo por alimentos frescos… e talvez daí venha o sabor diferenciado da comida, que, infelizmente, não comi!), aproveitando as águas mediterrâneas sempre que possível, cultivando suas lindas e maravilhosas flores nas varandas, jardins, muros…

Só é uma pena a pouca atenção e o baixo percentual dedicado à proteção das relíquias históricas pelo governo.  Ainda bem que várias empresas particulares, especialmente marcas famosas de roupas e joias, vêm se encarregando de cuidar, preservar e deixar limpas tantas esculturas e monumentos.

Mas, enfim… Fomos à Itália na primeira semana de junho de 2015.

DSCN0118A entrada foi por Milão. Chegamos já à noitinha… Ficamos hospedados no hotel Starhotels Tourist Milan. Em frente a ele (mas, em frente mesmo) há a estação de Metrô Bignami (linha lilás).

A ideia era chegar e já pegar o metrô sentido San Siro Stadio, descer na estação Zara (linha amarela 3) para Baledação, sentido San Donato. E, finalmente, descer na estação Duomo, para conhecer esta linda Catedral. Mas…. A região do nosso hotel é considerada bem perigosa e nos alertaram de que não seria muito adequado… Principalmente na volta… Então, ficamos pela região do hotel mesmo.

Mas, se você for ficar alguma noite em Milão, vamos sugerir os bairros que mais encontramos destaques para visitar, se deliciar e sentir o clima da cidade:

Brera – antigo bairro dos artistas e de casas de prostituição até os anos 50, mas que hoje é um bairro extremamente cultural e considerado um dos metros quadrados mais caros da cidade;

Bairro Navigli – Bairro que fica dá nome aos canais construídos entre séculos 15 (com soluções de engenharia dadas por Leonardo da Vinci) e 18 (quando Napoleão completou o Naviglio Pavese).  Os navigli são canais feitos originalmente para possibilitar a navegação do lago de Como e dos rios Po e Ticino até o centro de Milão.

IMG-20150712-WA0030

No dia seguinte, seguimos até o Castelo Sforzesco que hoje é um dos grandes museus da cidade. Contudo, na época do Renascimento foi a residência Ducal e, inclusive, local de moradia e trabalho de Leonardo Da Vinci. Além do museu (que na verdade, é uma espécie de museu dos museus), o Castelo possui uma bela estrutura a ser apreciada com jardins e bosque da época da realeza.

Do Castelo, seguimos andando em frente, em direção a Duomo (Catedral) de Milão. A catedral, em estilo gótico, é de cair o queixo de qualquer um. Um espetáculo!  Toda trabalhada no mármore branco-rosa e levou 400 anos para ficar pronta.

DSCN0121

Ao seu lado, temos a Galeria Vittorio Emanuelle II, um dos templos das compras de luxo da cidade (várias lojas “alto nível” e cafés e restaurantes charmosíssimos). Um edifício imponente construído a pedido do rei Vitorio Emanuelle II no final do século 19 e que liga a Piazza del Duomo à Piazza della Scala.

DSCN0129

Ainda hoje, o pavimento do prédio é original e os mosaicos incríveis abaixo da grande cúpula de vidro, no centro, foram reconstruídos após o bombardeio da II Guerra. É linda de viver gente!!!   As reconstruções foram patrocinadas por marcas famosas como Padra e Versace e para vê-los, bem de perto, atualmente existem quatro estações com bancos e binóculos para os visitantes.

DSCN0139

DSCN0131

Há também, no chão, bem no centro da galeria, um touro dentre os mosaicos. Diz a crença popular, que se você girar o calcanhar do pé direito nos testículos do animal e der três voltas inteiras isto te dá sorte. Bom, não custa cumprir a tradição e arriscar uma fezinha, né???

DSCN0134

Ao lado da Galleria, para quem gosta, há uma lojinha da Ferrari (na direção do McDonald – local que você pode ir também, se estiver apertado para o banheiro, sem precisar pagar).

IMG-20150712-WA0032

Imagem retirada da internet

Imagem retirada da interne

Saímos de Milão em direção a Verona. Mas, este trajeto não foi pela estrada, mas sim, atravessando o belo Lago di Garda e conhecendo a lindíssima Sirmione, comuna italiana pertencente a província de Bréscia, na região da Lombardia.

O Lago Di Garda é o maior lago da Itália. E, Sirminone é banhada por ele.  Conhecida por ser um local de veraneio desde o tempo do Império Romano. É muito antiga e muito bem preservada.

O centro, onde existe o Castello Scaligero (1277) é extremamente conservado e um cartão postal da cidade que, nesta época do ano, de fim da primavera, estava ainda mais linda, cheia de flores e jardins por todos os lados. Super aconchegante, super charmosa. Super familiar.

DSCN0201

Por ser domingo, pegamos um grande trânsito. Mas, ao estacionar no grande espaço para ônibus, nos dirigimos ao deck para os passeios de lancha pelo lago que também adentram o Castelo.

IMG-20150712-WA0026

DSCN0163

O passeio, na verdade, dá a volta em toda a península, também famosa por suas águas termais. E dele podemos avistar as famosas grutas de Catullo (sítio arqueológico daquilo que foi a  maior Vila Romana do Norte da Itália).

DSCN0176

A posição das Grutas de Catullo, bem na ponta extrema da península, revela a vista fantástica que se tinha e a imensidão do espaço de 02 hectares que, na antiguidade possuía grandes casas, jardins e espaços privados e águas termais.

DSCN0197

Findado o passeio, seguimos pelo centro conhecendo a cidade. Adentrar ao castelo é a parte mais incrível. Além de visita-lo, vale a penas percorrer as ruelas charmosas, entrar em lindas lojinhas e degustar os maravilhosos Gellatos.

IMG-20150712-WA0033

IMG-20150712-WA0021De lá… Verona… E Não tem jeito… Falou em Verona e a gente já se lembra da história Shakespeariana de Romeu e Julieta e dos filmes assistidos recontando essa história, o mais recente… Cartas para Julieta. Se a história aconteceu de verdade ou não, sinceramente não importa… Ela existe no nosso imaginário e estar ali, (re)imaginando a cena do romance,  é lindo!!!

Como estávamos em ônibus e ônibus não entra na cidade, descemos em um estacionamento específico… Atravessamos uma ponte sobre o rio Agide, margeamos a muralha do castelo e chegamos a Piazza Brà, centro da cidade…  O grande ponto na praça é a Arena. Anfiteatro do ano 30 a.C. que é terceiro maior do mundo. Estava em revitalização quando fomos.

DSCN0205

O dia estava lindo e talvez por isso, a cidade estava L–O-T-A-D-A!!! Um mar de gente…

IMG-20150712-WA0029

Seguimos pela Via Manzini até a Piazza delle Erbe, para chegar até a atração mais turística… A Casa de Julieta (Via Capello 23). Não é difícil.

DSCN0214

DSCN0240

DSCN0235

DSCN0220

A cidade possui plaquinhas marrons por todos os lados indicando os caminhos e, mesmo se você se perder, vale a pena, pois as construções são lindas, o ar italiano está por todo lugar, as lojinhas são fofas e a cidade toda é patrimônio da humanidade pela UNESCO por causa da sua estrutura urbana  e arquitetura. E  a gente pode dar a sorte de pegar uma ruela assim… vazia…

DSCN0243

Pena que ficamos tão pouco tempo, mas uma pena também ter tanta gente numa cidade minúscula. Parecia Olinda no Carnaval o que tira um pouco da magia do lugar… Mas, fica para uma próxima viagem!!!

Depois tem mais… Veneza… Florença e Roma!!!

Esse post foi publicado em Milão e Verona e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s